About FLORENCE, O SEU GUIA DE FLORENÇA - HOME | CONTATOS | MAPA DO SITE  

Hotel EM FLORENÇA

icona albergo
Chegada
Partida
Melhor tarifa garantida
Reserve on line, pague no hotel!

OS MONUMENTOS DE FLORENÇa


Monumenti di Firenze: Palazzo Vecchio

PALAZZO VECCHIO

PALAZZO VECCHIO é o edifício público mais importante de Florença. O prédio, projetado por Arnolfo di Cambio, começou a ser construído em 1299 e a princípio era a sede dos Priores das Artes e da Signoria. Durante um tempo foi a residência da família grão-ducal de Cosme I de Médici antes de sua transferência para o Palazzo Pitti. Foi durante este período (1150-1165) que Vasari o reformou, decorando suntuosamente o interior do edifício a fim de adequá-lo ao papel que assumia, de sede do Governo e residência oficial da família real.  Atualmente o palácio é um na parte conhecida como Apartamentos Monumentais. De grande valor histórico, o palácio é composto pelo Salão dos 500, o estúdio de Francisco I de Médici, a sala dos Elementos e a Sala dei Gigli. A Loggia dei Lanzi, com vista para a grande Piazza della Signoria, que está em frente ao palácio e abriga várias estátuas importantes, incluindo "Perseu", de Cellini e "O rapto da Sabina", de Giambologna.

Visite a página dedicada ao Palazzo Vecchio e também a página do Museu do Palazzo Vecchio.

Monumenti di Firenze: Palazzo Pitti

PALAZZO PITTI

Palazzo Pitti foi construído na metade do século XV por Luca Fancelli, a mando de Luca Pitti, que queria mostrar seu poder através da construção de uma grande residência, em nítido contraste com a família Médici. Caindo em desgraça, a Família Pitti vendeu o seu palácio em 1549 justamente para Cosme I dos Médici e tornou a residência desta família.

O palácio foi ampliado a partir do projeto de Bartolomeo Ammannati e até o século XVII estava em contínua modificação.

O Palácio está localizado em uma grande praça semicircular. Hoje é o lar de alguns dos mais importantes museus de Florença: Galeria Palatina (com obras de arte de Rafael, Andrea del Sarto, Caravaggio, Bronzino e outros mestres), o Museu da Prata, a Galeria de Arte Moderna e na Galeria do Costume.

O Palazzo Pitti é também famoso pelos jardins que o rodeiam: os jardins de Boboli, construído em 1549 por Ammannati e, mais tarde, por Buontalenti a pedido de Cosme I.


A nossa sugestão - Reservas Museus de Florença

Galeria Palatina - Reserve o seu ingresso

A Galeria chama-se Palatina porque se localiza no interior do Palazzo Pitti, que foi o palácio real dos Médici, Lorena, e, por fim, dos Savóia.

A coleção de quadros está situada em salões luxuosos, decorados com afrescos em estilo barroco, magnífico exemplo de coleção privada principesca.

No segundo andar do Palazzo Pitti está a Galeria de Arte Moderna, que oferece um panorama completo da pintura italiana do Neoclassicismo ao século XX.

Dias de funcionamento: de terça a domingo
Horário de funcionamento: das 8h15 às 18h50
Preço: A partir de €21,20 por pessoa

Clique aqui para reservar sua visita à Galeria Palatina»
Clique aqui para reservar a visita à Galeria de Arte Moderna»



Monumenti di Firenze: La Cattedrale

A CATEDRAL

O DUOMO é a Catedral de Florença, dedicada à Santa Maria das Flores e construída em estilo gótico italiano. O edifício foi projetado por Arnolfo di Cambio (1245-1302) e representa uma das maiores esculturas arquitetônicas da época. Foi concluída em 1367 aproximadamente, totalmente coberta com mármores coloridos, assim como era o Batistério, embora a fachada tenha permanecido incompleta até o século XIX.

No interior da igreja estão várias obras de arte importantes, caracterizadas pelas formas arquitetônicas góticas, completamente diferentes dos edifícios medievais do norte dos Alpes. De primordial importância são os afrescos do lado esquerdo, onde estão monumentos equestre do "Condottiero" de Paolo Uccello (1436) e Andrea del Castagno (1456).

Muitas das estátuas estão agora no Museu da Catedral, mas outros ainda Monumenti di Firenze: il Duomoestão dentro da igreja, como as lunetas de Luca della Robbia, as portas de bronze do altar e a famosa Pietà de Michelangelo. Não se esqueça de olhar para os belos vitrais, construídos entre 1434 e 1445, desenhados por artistas importantes, tais como Donatello, Andrea del Castagno e Paolo Uccello. Outra coisa digna de atenção são as incrustações de madeira dos armários da sacristia projetados por Brunelleschi, Antonio del Pollaiuolo e outros artistas.

Outras informações: O museu das Obras do Duomo


Monumenti di Firenze: la Cupola del Duomo

A CÚPULA

Filippo Brunelleschi começou a construção da CÚPULA em 1420. O diâmetro da parte mais larga é de 41,50m - valor muito próximo ao máximo permitido para qualquer tipo de cúpula. Em vez de usar técnicas anteriores, Brunelleschi inventou uma técnica baseada em seu conhecimento sobre o modo de construção de edifícios romanos, que colocou a serviço de um novo conceito que levava em conta problemas técnicos, culturais e estéticos na construção da cúpula.

Basicamente, a edificação da cúpula dependia do uso de competências técnicas, a fim de evitar qualquer descontinuidade perigosa na alvenaria (que pesa 27.000 toneladas). Foi construída de modo que se sustentase sozinha.

A cúpula é surpreendentemente moderna: em concha dupla, a parte exterior protege a interior de agentes atmosféricos. Concluído em 1436, o Domo é o edifício mais famoso de Florença, simbolizando uma grande tradição cultural e consciência cívica da cidade. A Cúpula foi pintada por Giorgio Vasari (1511-1574) e Federico Zuccaro (c. 1540-1609) com um afresco representando o Juízo Final.


Campanário de Giotto em Florença

Il Campanile di Giotto in piazza San Giovanni a Firenze

Photo by dilestar

CAMPANÁRIO DE GIOTTO

A torre do sino da catedral, mais conhecido como Campanário de Giotto, é o monumento que mais se destaca vistao de qualquer parte da cidade. Giotto, o famoso pintor e arquiteto, projetou a torre e, apesar de sua morte em 1337, o trabalho continuou sob a coordenação de Andrea Pisano (1290-1349) e Francesco Talenti (1325-1369), que completou a estrutura repetindo a decoração em relevo de mármore alternando com janelas.


BASÍLICA DE SÃO LOURENÇOMonumenti di Firenze: disegno dell'interno di San Lorenzo

BASÍLICA DE SÃO LOURENÇO foi consagrada por Santo Ambrósio em 393 e é a igreja mais antiga da cidade. Foi reconstruída com traços romanescas em 1060. O templo como se vê hoje data de 1423, sendo projetado e construído por Brunelleschi. Na reconstrução da basílica, Brunelleschi propõe um novo tipo de igreja, decididamente clássico, repleto de luz que mostrasse a clareza arquitetônica (e não a meia-luz mística usada antes), muito regular e simétrica.

Monumenti di Firenze: la Basilica di San LorenzoDentro da basílica existem obras de Rosso Fiorentino, da Desiderio Settignano, Donatello e Bronzino. A igreja é ladeada pela esplêndida sacristia antiga, feita por Brunelleschi e a Sacristia Nova, de Michelangelo, que abriga os túmulos da família Médici, por isso chamas de Capelas Medici. À esquerda da igreja está a Biblioteca Laurentina, também desenhada por Michelangelo, por ordem da família Médici, que queria um lugar para armazenar suas preciosas coleções de livros, papiros e manuscritos. Não muito longe de São Lourenço está o Mercado Central, um belo exemplo de construção do século XIX feita de vidro e aço.


Monumenti di Firenze: Cappelle Medicee

CAPELAS DOS MÉDICI

As CAPELAS DOS MÉDICI fazem parte do complexo monumental de São Lourenço. A Igreja de São Lourenço era o templo oficial dos Médici e depois seu mausoléu. O projeto do sepulcro da família foi concebido em 1520 quando Michelangelo começou a trabalhar na Sacristia Nova. Foi sobretudo o Cardial Júlio de Médici, futuro papa Clemente VII, que quis construir um mausoléu para certos membros de sua família como: Lourenço, o Magnífico (duque de Urbino), e seu irmão Juliano (Duque de Nemours).

Michelangelo trabalhou nas esculturas dos sarcófagos até 1533, mas as únicas obras concluídas foram as estátuas dos Duques Lourenço e Juliano, as alegorias da Aurora e do Crepúsculo, o Dia e a Noite, e a Madonna com o Menino, colocada em cima do sarcófago dos dois "magníficos". Ao lado estão São Cosme e Damião. Como resultado da complexa história da capela e seu simbolismo misterioso, muitas interpretações são aplicadas às esculturas. As poses das duas principais figuras representam a vida ativa e contemplativa, enquanto as estátuas sobre os sarcófagos provavelmente se referem às condições e fases da vida humana. Os túmulos também referem-se a libertação da alma após a morte, um conceito filosófico intimamente ligado com a espiritualidade de Michelangelo.

Reservas dos museus de Florença: agende aqui o seu ingresso para as Capelas dos Médici sem enfrentar fila!


A nossa sugestão - Reservas Museus de Florença

Capelas dos Médici - Reserve agora o seu bilhete

O museu, situato atrás da Basílica de São Lourenço, sei articula com a Cripta, Capela dos Príncipes e com a Nova Sacristia de Michelangelo. Além das decorações arquitetônicas e das esculturas, no museu estão o Tesouro da Basílica de São Lourenço, composto por relíquias e ornamentos litúrgicos, obras-primas esculpidas em ouro do Renascimento e do período Barroco .

Reserva tu billete para visitar las Capillas de los MediciDias de funcionamento: de terça a sábado e os 1°, 3° e 5° domingos dos meses, como também às 2ª e 4ª segundas do mês
Horário de funcionamento: das 8h15 às 15h
Preço: A partir de€20,50 por pessoa

Clique aqui para reservar o seu bilhete para o Museu»
Clique aqui para outras informações sobre o Museu»


Monumenti di Firenze: San Miniato al Monte

SÃO MINIATO AO MONTE

A igreja de SÃO MINIATO AO MONTE é um dos melhores exemplos do estilo românico na Toscana, construída entre os séculos XI e XIII. A típica fachada feita de mármore verde e branco é decorada por uma fina arcada e tem um mosaico do século XII de Cristo entre a Virgem Maria e São Miniato. No interior, o altar preserva os ossos do santo que dá nome à igreja. O presbitério suspenso é de grande beleza com o seu púlpito e seu coro de madeira. Os afrescos da sacristia, com 16 histórias da lenda de São Bento são de Spinello Aretino. A Capela de São Giácomo, Cardeal de Portugal, é decorada com cinco esplêndidas arcos feitos por Luca della Robbia. A Capela Monumenti di Firenze: interno di San Miniato al Montedo Crucifixo foi projetado por Michelozzo e decorado por Luca della Robbia. À direita da Igreja está o Paço Episcopal, antiga residência de veraneio dos bispos de Florença, que depois tornou-se um convento, um hospital e uma casa jesuíta. Do jardim é possível desfrutar de uma esplêndida vista da cidade. A Igreja é o cenário do filme "Obsession" (1976), de Brian de Palma, estrelado por Geneviève Bujold e Cliff Robertson.


Palazzo Corsini: vista dal lungardo Corsini

PALAZZO CORSINI

PALAZZO CORSINI está localizado no coração de Florença, na homônima margem do rio Arno.

O palácio pertencia à família Ardinghelli, e depois foi propriedade doa Médici, que em 1649 decidiu vendê-lo para Maria Maddalena Macchiavelli, esposa de Filippo Marchese Corsini.

A construção do Palazzo Corsini durou cerca de 50 anos, sem interrupção, e sua decoração coincide com um dos momentos mais importantes da pintura florentina. O prédio é em estilo barroco, com telhados onde estão dispostos estátuas e vasos de terracota, além de um belíssimo pátio que abre em "U" para o rio.

Em 1883, no entanto, o edifício foi vendido para o Estado, incluindo a coleção particular do Cardeal Neri Maria Corsini. Só recentemente, no interior do edifício foi inaugurada a Galeria Nacional de Arte do Palazzo Corsini, onde se pode admirar a maravilhosa coleção de pinturas que datam dos séculos XIV e XVIII, bem como esculturas bronzes e mobiliário do século XVIII.

This Page Is Valid XHTML 1.1! This document validates as CSS!
© Copyright: About Florence - o seu guia turístico sobre a cidade de Florença
Webdesign and SEO by Web Marketing Team - P.I 05622420486