About FLORENCE, O SEU GUIA DE FLORENÇA - HOME | CONTATOS | MAPA DO SITE  

Hotel EM FLORENÇA

icona albergo
Chegada
Partida
Melhor tarifa garantida
Reserve on line, pague no hotel!

Palazzo Vecchio


Palazzo Vecchio em FlorençaPalazzo Vecchio sempre foi um dos símbolos mais importantes da cidade de Florença. Constuído como Palácio dos Priores por Arnolfo di Cambio, virou o edifício símbolo da República florentina em 1300 e continuou sendo o centro do poder também durante o comando dos Médici (e da reestruturação dos Vasari, de 1540). A tradição continua em nossos tempos, uma vez que o Palazzo Vecchio é hoje a sede da Câmara Municipal de Florença.

Embora exerça funções representativas nos Conselhos Municipais que se reúnem no Salão dos Duzentos, você pode visitar o Palazzo Vecchio a partir do Museu dos "Apartamentos Monumentais" e conhecer grande parte do edifício que abrigou as figuras mais célebres da vida cultural e política de Florença durante o período dos Médici.

Aconselhamos uma visita a este maravilhoso Palazzo e, se possível, acompanhado pelo guia, que vai deixar o seu passeio pleno de alegoria, simbolismos e referências pouco conhecidas sobre a história de Florença e da família Médici, que fez parte do Renascimento Italiano e das suas obras-primas.
Não é só isso, com o guia você vai poder passar pelas passagens secretas do Palazzo Vecchio, e descobrir os caminhos percorridos pelos Médici que não estão abertos ao público.


Para visitar o Museu do Palazzo Vecchio, você pode escolher entre:


Entre as salas do Palazzo Vecchio estão:

SALÃO DOS QUINHENTOS

Um imponente salão com 53 metros de comprimento, 23 de largura e 18 de altura, esta é uma das partes mais antigas do palácio.

Para pintar os afrescos foram chamados ninguém menos que Leonardo da Vinci e Michelangelo. Ambos tiveram que ilustrar duas batalhas que simbolizaram a vitória da República: A Batalha de Anghiari e a Batalha de Cascina.

Diz a lenda que estas batalhas ainda estão sob o afresco do Salão dos 500, mas para desmenti-la basta imaginar que Vasari, um grande admirador de ambos, nunca teria coberto uma obra de dois gênios florentinos. Na verdade o trabalho de Leonardo foi marcado pela técnica usada, a encáustica, e Michelangelo partiu para Roma para a Capela Sistina, deixando apenas rascunhos.

As batalhas que você pode ver hoje são aquelas representadas por Vasari: a conquista de Siena, a tomada de Porto Ercole, a vitória de Cosme I em Marciano della Chiana, a derrota de Pisa em San Vincenzo, os ataques das tropas florentinas em Livorno e Pisa.

Destacam-se no teto as pinturas dedicadas a Cosme I e também as estátuas, entre elas O Gênio da Vitória de Michelangelo.

Curiosidades: Através de uma pequena grade, o Salão dos Quinhentos pode ser visto do quarto de vestir de Bianca Cappello, que alguns dizem ter sido muito interessada na vida política da cidade e grande conselheira de seu marido, o Grão-Duque Francisco I dos Médici.

A segunda esposa do Grão-Duque foi objeto de intrigas e mistérios, pelo menos no que diz respeito à sua morte ao lado do marido depois de um jantar na Villa de Poggio em Caiano. O óbito se deu depois de vários dias de agonia, o que leva apensar que eles foram envenenados.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio


ESTÚDIO DE FRANCISCO i

O pequeno estúdio criado por Vasari em 1570 para Francisco Médici antes deste se tornar Grão-Duque, abriga um tesouro com pinturas e esculturas de mestres florentinos, como Laurel, Stradano e Ammannati e Giambologna.

O príncipe era apaixonado por alquimia e ciências naturais, e fascinado pelos grandes temas da vida, representados nas obras do Estúdio, que possuem fortes referências simbólicas.

No estúdio de Francisco I existem duas passagens secretas, uma que leva ao Estúdio de seu pai, Cosme I, em um outro que lhe permitia sair sem ser visto.

No início só era possível acessar o estúdio a partir do quarto de Francisco I através de uma passagem secreta, mas hoje é acessível do Salão dos Quinentos.

Agende a sua uma Visita ao Museu do Palazzo Vecchio ou então o Tour pelas passagens segretas do Palazzo Vecchio.


OS APARTAMENTOS MONUMENTAIS

Localizado no primeiro andar, as salas dos Apartamentos Monumentais são totalmente dedicada à família Médici, como sugerem os nomes dos cômodos: Leão X; Cosme, o Velho; Lourenço, o Magnífico; Cosme I; Giovanni delle Bande Nere; Clemente VII.

Destes, podem ser visitados apenas o Salão de Leão X e de Clemente VII, os outros são utilizados como Sede dos Conselhos e gabinete do prefeito da cidade.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

O APARTAMENTO DE LEONOR

Os aposentos que compõem o apartamento foram desenhados por Vasari para Leonor de Toledo, esposa de Cosme I e são compostos pela Sala Verde, pelo Escritório de Leonor, Capela de Leonor - com frescos Bronzino com as Histórias de Moisés, a Sala das Sabinas, o Sala de Ester, Sala de Penélope, Sala de Gualdrada e, por fim, pelo quarto privado de Leonor.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

APARTAMENTO DOS ELEMENTOS

As salas e galerias que compõem os Apartamentos dos Elementos foram feitas por Battista del Tasso e concluídos por Vasari.

O tema dos afrescos e alegorias são precisamente os 4 elementos Água, Terra, Fogo e Ar, os planetas, Musas e deuses romanos, entre os quais Júpiter, Juno (que já foi um terraço aberto ao exterior, mas hoje é uma sala fechada), Hércules (com um belo teto de caixotões, que retrata os 12 Trabalhos), Saturno, ao qual foi dedicada uma bela varanda.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

O CORREDOR DE VASARI

Quando os Médici se mudaram para o Palazzo Pitti, em 1560, mandaram construir uma passagem que uniria os dois edifícios. O esplêndido corredor construído por Vasari atravessa o Arno sobre a Ponte Vecchio e, além de oferece uma vista maravilhosa da cidade, está adornado com preciosas obras de arte.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

A SALA Das cartas geogrÁficas e do armÁRIO

A sala é dedicada aos mapas e objetos preciosos, que foram mantidos em armários de madeira decorados com mapas de várias partes do mundo.

Era muito forte a paixão dos Médici pela geografia, especialmente da parte de Cosme I. Seus estudos estavam muito avançados para a época. Foram encontramos por exemplo, um mapa do México recém-descoberto e alguns desenhos muito imprecisos da Austrália, descoberta séculos mais tarde.

No centro da sala está exposto aquele que foi à época o maior globo, obra de Ignazio Danti e Buonsignori.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

SALA Das ARMas

Está do lado de fora do museu, com acesso direto a partir do lado direito do Palácio. A sala foi usada para armazenar armas e munições, e atualmente é usada para exibir exposições e mostras.
O salão mantém toda a estrutura de 1312, quando foi construído.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio


PRIMEIRO PÁTIO

O pátio é a entrada principal do Palazzo Vecchio através da Piazza della Signoria.

O projeto original de Michelozzo foi reconstruído por Vasari em 1565 para o casamento entre o futuro Grão-Duque Francesco I, filho de Cosme I e Joana da Áustria, irmã do Imperador Maximiliano II. Exibia afrescos que retratavam as guildas de Florença e panoramas da cidade do império de Habsburgo, que infelizmente não sobreviveram aos anos e ações climáticas.

No centro, um chafariz com uma cópia do Putto con Delfino, feito por Andrea del Verrocchio. A água que jorra do nariz do golfinho vem da colina de Boboli através de um antigo sistema hidrico de tubulação.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

PÁTIO DA alfÂNDEGA ou SEGUNDO PÁTIO

O segundo Pátio leva o nome de Pátio da Alfândega porque era ali que funcionava o escritório da alfândega, onde hoje estão a bilheteria do museu e a livraria.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

 

O TERCEIRO PÁTIO

O terceiro pátio foi projetado por Bartolomeo Ammannati e Bernardo Buontalenti depois da ampliação do Palazzo. Hoje serve de acesso aos gabinetes municipais.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

O MEZANINO

Localizado entre o primeiro e segundo andar, foi a sede do poder judiciário na época dos Priores e, em seguida, residência privada gonfaloneiro Piero Soderini. Está situado na parte mais antiga do edifício e preserva a aparência austera de uma residência de origem medieval.

Com a família Medici foi usado para hospedar parentes e mais tarde se tornou escritório, até serem incluídos na reestruturação para a abertura do museu dos apartamentos monumentais do Palazzo Vecchio.

Em 1934 as obras foram concluídas e algumas salas dos Apartamentos foram decoradas com obras de arte e antiguidades do legado doado pelo colecionador norte-americano Charles Alexander Loeser a fim de contribuir para a criação do novo museu do Palazzo Vecchio e que agora fazem parte do conjunto conhecido como Donazione Loeser, uma das coleções de maior valor histórico e artístico local.

Agende a sua Visita ao Museu do Palazzo Vecchio

This Page Is Valid XHTML 1.1! This document validates as CSS!
© Copyright: About Florence - o seu guia turístico sobre a cidade de Florença
Webdesign and SEO by Web Marketing Team - P.I 05622420486